Terceiro dia Ciber.Comunica 3.0

16 de maio de 2008 às 3:05 AM | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags:

Manhã:

 

Vídeos

 

O dia começou com ótimos vídeos sobre cibercultura. Todos diretos do Youtube. Na matéria  Cidades virtuais”, da Tv Ufba, pôde-se entender melhor o conceito do que seria essa virtualização, de como a cultura contemporânea está sob os laços das tecnologias de comunicação. De como as redes info-comunicacionais interferem no dia a dia de uma metrópole. 

 

Em seguida, foi a vez de “Prometeus – The Media Revolution”, uma produção da  Casaleggio Associati, que  lançou o vídeo na internet no ano de 2007 e  se tornou um dos mais novos virais da rede. Muita realidade virtual, chips de memória humana, megacorporações, etc. Interessante notar que, nos créditos finais, aparece o nome “Philip K. Dick Avatar”, como o narrador. Muito interessante!

 

A mostra finalizou com “Creative Commons – Seja criativo”. As dificuldades  impostas do Copyright e as facilidades do creative commons na produção artística, são postas frente a frente. Inteligente e esclarecedor.

 

 

Palestras:

 

 

Redes Wi-fi: historia, funcionamento e aplicabilidades (Grinaldo Lopes de Oliveira)

 

 

 

Logo após os vídeos, sobe ao púlpito o  professor e consultor de TI, Grinaldo Lopes, que iria  contar a curiosa historia da evolução das redes sem-fio. De Nicola Tesla (o inventor do dínamo) á tecnologias de ponta como o “Microsoft Surface”, Grinaldo demonstrou como a tecnologia do sem-fio é pratica e necessária. Traçou em ordem cronológica todas as mais importantes invenções do ramo das emissões eletromagnéticas. Da primeira mensagem telegráfica enviada em código Morse de 1899 até os dias atuais onde o Wi-Fi é o futuro.

 

 

 

Mobilidade e as narrativas do jogos digitais (Sergio Rivero)

 

 

O mestre em teoria literária analisou  como a mobilidade é um dos recursos interativos e imersivos por onde esses novos meios criam diferenciais em relação às mídias tradicionais, na arte de contar histórias. Nas próprias palavras do professor que resumem o conceito: “O jagador ‘lê’ o espaço do jogo e nele lança-se para desvelar uma narrativa. Essa narrativa se constitui , mais do que num espetáculo, numa atividade… vai ser o resultado da ação(interatividade) do jogador no espaço”.

 

 

 

 

Noite

 

 

“Bluetooth News” (Macello Medeiros)

 

 

Macello mostrou a proposta “Bluetooth News”,  que utiliza a tecnologia bluetooth na distribuição do conteúdo jornalístico. A proposta foi apresentada ao Grupo A Tarde para utilizar a tecnologia na distribuição de conteúdos jornalísticos em Salvador.

 

 

 

 

Jornalismo e Mobilidade (Fernando Firmino da Silva)

 

 

Notebooks, palmtops, celulares, smartphones, câmeras digitais e as conexões sem fio. O que toda essa tecnologia contemporânea oferece ao profissional de comunicação? A produção e a difusão de notícias jornalísticas potencializadas. E foi justamente analisando essas experiências de uso das tecnologias móveis como plataforma de produção no jornalismo móvel,  que se baseou todo o discurso do professor. Fernando Firmino tem o jornalismo móvel como tema base da tese do seu doutorado, o que lhe dá a oportunidade de analisar profundamente a pratica do  jornalismo móvel no Brasil e no mundo. Para Firmino, não haverá substituição  de redações fixas por móveis, mas sim um  universo onde uma complementa a outra.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: