Informações sem plugs

27 de abril de 2008 às 12:26 PM | Publicado em Comunicação, Novas Tecnologias, wi-fi | Deixe um comentário
Tags: ,

Macello Medeiros,  publicitário e doutorando pela UFBA, professor do Curso de Comunicacão e coordenador da Rádio JA, fala sobre a tecnologia wireless.

 

Qual foi e qual é o conceito hoje de wirelless? Aconteceram mudanças nesse conceito ao longo desses últimos 5 anos?.

Macello Medeiros – A tecnologia sem fios – ou wireless – remonta ao século XIX a partir das experiências de N. Tesla, H. Hertz e J.C. Maxwell com as ondas eletromagnéticas ou, mais tarde, conhecidas como ondas de radiofrequência. Foram aplicadas, inicialmente, na comunicação via Telégrafo sem Fio, depois a Radiotelegrafia e chegando, no século XX, à radiodifusão. Atualmente, a tecnologia sem fio é utilizada em diferentes situações, desde telefonia celular à conexão via bluetooth. Nesses últimos 5 anos, a tecnologia wireless tornou-se bem difundida através da conexão para acesso à internet sem fios, mais conhecida como Wi-Fi.

 

Quais são hoje os principais formatos de comunicação wireless? Há algum que o senhor acredite que tomaria  mais corpo no mercado, em breve?

Macello Medeiros – Na verdade, precisamos estabelecer uma distinção no que se refere à usabilidade. Ou seja, quando falamos em conexão à internet temos o modelo Wi-Fi, o mais conhecido, e o Wi-Max. Se falamos em conexão de baixa potência e curto alcance, temos o infra vermelho e o bluetooth. Este último vem sendo bastante utilizado para criar redes locais com equipamentos digitais – impressoras, notebooks, scanners – de curto alcance, como também na transmissão de arquivos entre os celulares e computadores. Uma grande novidade que usufruindo da conexão via Bluetooth são ações de Mobile MKT, nas quais é possível enviar peças publicitárias para os celulares que possuem essa tecnologia com o intuito de personalizar a informação. A segmentação e individualização no acesso e na produção da informação é característica marcante na comnicação contemporânea potencializada pela tecnologia wireless.

 

De que forma o profissional da Comunicação pode pensar hoje na comunicação sem fio? Como fazer para se adequar, profissionalmente, às essas novas tecnologias?

Macello Medeiros – A principal mudança em relação ao profissional de comunicação está em saber explorar essa tecnologia nas mais diferentes áreas. Como já citei a questão do Mobile MKT, muito voltado aos profissionais de Publicidade; temos também o Jornalismo Móvel que é o tema da tese de doutorado do Prof. Fernando Firmino na UFBA. Para ele a tecnologia sem fio permite ao jornalista produzir conteúdos sem necessariamente estar fixo em um ambiente como a redação de um jornal. Munido de um bom aparelho de celular que permita tirar fotos com qualidade, produzir textos, gravar áudio e enviar pela internet, esse jornalista móvel será o “homem de notícia” do futuro. Mas para isso, é preciso estar atento e atualizado quanto às novidades tecnológicas; e de preferência procurar um curso que trabalhe esses temas em seu currículo. Outra coisa, para quem é aluno das FJA, assistir as aulas de Produção em Novas Mídias I e II !!!!!

 

Anúncios

Faculdades Jorge Amado discute comunicação sem fio no Ciber.Comunica 3.0

17 de abril de 2008 às 4:31 PM | Publicado em Comunicação, Novas Tecnologias | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , ,

Bluetooth, wi-fi, mobile comunication, infrared, etiquetas RFID. Se esses termos ainda não fazem parte do seu vocabulário, isso vai mudar depois do Ciber.Comunica 3.0, promovido pela Jorge Amado nos dias 13, 14 e 15 de maio. Essa é a terceira edição do evento, que tem como objetivo discutir a comunicação associada às tecnologias contemporâneas. 

 

Nessa edição, a discussão do Ciber.Comunica girará em torno da Comunicação Sem Fio, envolvendo os cursos de Jornalismo, Rádio e  TV, Publicidade e Propaganda, Redes de Computadores e Sistemas de Informação. O evento é uma iniciativa da coordenação dos cursos de Comunicação Social da Jorge Amado, em parceria com o Atelier de Comunicação e Cultura (GERCOM), o Centro Internacional de Pesquisa em Cibercultura da Facom/UFBA e o Centro de Excelência da Informação (CEI / A Tarde).

 

Apesar do tema atualíssimo, o Ciber.Comunica continua com os mesmos moldes. É o que garante o seu coordenador geral, o professor mestre Claudio Manoel Duarte. Segundo ele, o tema pode englobar palestras sobre software livre, open source journalism, autoria, propaganda e marketing viral livre, produção e publicações coletivas a distância, educação a distância, bluetooth e informação, censura e rede, publicação literária em rede, creative commons, dentre outros. “O que motiva o Ciber.Comunica é o acompanhamento dos uso das tecnologias nas variadas formas de comunicar”, justifica o professor.

 

O evento, que pretende inserir os estudantes da Jorge Amado na discussão sobre comunicação, informação e tecnologias contemporâneas, já tem alguns nomes confirmados. A palestra de abertura fica por conta do publicitário e mestrando Adelino Mont’Alverne, que fala sobre Comunicação, tecnologia móvel e publicidade. A palestra da professora Karla Brunet traz o tema Arte, tecnologia móvel e apropriação para o centro do debate, no dia 14, às 9h30. No dia seguinte, às 19h, o professor Fernando Firmino da Silva fala sobre Jornalismo e mobilidade.

 

Microfilme

 

Dentro da programação do Ciber.Comunica, acontecerá ainda o MICROMÍNIMA – Festival FJA de filmes-celular, onde alunos das disciplinas de Novas Mídias I e II exibirão seus microfilmes gerados a partir de celular, com duração de 1 minuto a 1 minuto e 15 segundos, com linguagem e tema variados. O festival é organizado pelos professores-mestres Macello Medeiros e Cláudio Manoel Duarte.

 

O público-alvo é formado por alunos, professores e profissionais de comunicação, mas é importante ressaltar que o evento é aberto ao público geral. Os interessados em participar devem apenas contribuir, no ato da inscrição, com um quilo de alimento não-perecível, a ser entregue na sala do Núcleo de Ação Social da Jorge Amado, que fica localizada no Prédio I, Nível 9. Os alimentos arrecadados serão distribuídos a uma das entidades filantrópicas apoiadas em projetos sociais da instituição, a ser definida por sorteio. O participante terá direito a certificado. Inscrições: de 05 a 12 de maio.

Contato: cibercomunicafja@gmail.com

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.